sábado, 19 de abril de 2008

ESCLARECIMENTO


Estou muito contente, com algumas de vós, outras terão que se aplicar mais.
Falando sobre o desencarne. Para algumas de vocês, não é tema que apreciem muito, pois é! Mas embora eu não queira que vivam obcecadas com isso, pois a vida é para ser vivida, é também o desencarne um processo em que têm de estar por dentro.
Se falarem sobre a morte, mais depressa entendem, que não devem ter medos, pois sabem que estando por dentro do processo, na hora do desapego, não vão ficar perturbadas e depressa entenderão que estão em casa, da qual saíram para fazerem o vosso percurso, tendo o livre arbítrio de escolherem.
Enquanto encarnadas, o que semearem vão colher.
Se não estão atentas, se não gostam que se aprofunde o tema, o que acontece mesmo àqueles que me conhecem, sentem-se desorientados, pois não conseguem discernir, que estão desencarnados, e julgam-se nesse vosso plano, então uma coisa que seria tão simples torna-se num problema.
Ora com abertura tudo é mais fácil, e o trabalho tanto aí como aqui fica mais leve, pensem nisso, pois vejam quantos de vocês, já estão a trabalhar no encaminhamento. Porque será?
O livro que falaram (As violetas à janela) é interessante, para algumas de vós pode servir para esclarecimento. Leiam-no.
Quando não entenderem alguma coisa na sala perguntem.
Fiquem em paz.

Chekinara.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial