segunda-feira, 17 de novembro de 2008

AS MARCAS

Responde para ti mesmo:
- Qual a mensagem que esta foto te transmite?
Sem muito esforço perceberás que a nossa vida é construída, “entalhada”, no dia-a-dia. Estamos sempre a “esculpir” a nossa história.
Às vezes com muita dor… Mas um novo ser pode nascer a cada instante, se tu desejares e permitires.
Já reparaste que na fotografia não há ninguém a ajudá-la a esculpir o próprio “corpo”.
A nossa vida é exactamente assim, no final teremos que prestar contas do que nós fizemos a nós próprios.
Já de seguida teremos um novo dia, e isso por si só já significa uma grande novidade, um grande presente.
Essa nova manhã, não tem nada a ver com a manhã de ontem, afinal a manhã de ontem não nos trás nada de novo, já passou, não pode ser alterada. O tempo segue o seu curso irreversível, enquanto nós vamos criando marcas e actos para escrever a nossa história.
“O tempo não pára, e no entanto ele nunca envelhece”.
O tempo é o produto mais perecível que existe.
Por isso actua, usa a tua energia para agires bem, usa todos os canais de percepção para contemplares bem, contemplares o belo, o bom.
“Tu tens todo o tempo à tua frente”
Preenche todo esse tempo de momentos de significados e sentimentos especiais. Deixa fluir a tua alegria de viver, esquece as preocupações e amarguras.
Nunca percas tempo com coisas que não queres que aconteçam, assim elas não vão mesmo acontecer, acredita nisso.
Ao contrário ocupa todo o teu espaço mental com coisas que queres que aconteçam e assim ficas mais próximo dos sonhos.
Assim, quando te dispões a viver bem e alegre, além de viveres intensamente a tua vida, irás contagiar todos à tua volta.
Tens que ser o escultor da sua existência, procura “esculpir” bem o teu dia-a-dia.
Faz da tua vida aos olhos do Mestre uma “obra de arte”.

(Caminhante)

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial