segunda-feira, 5 de janeiro de 2009

PROJECÇÃO ASTRAL - CURSO PRÁTICO - LIÇÃO Nº. 1

PROJECÇÃO ASTRAL I – PRIMEIROS PASSOS.

Nesta lição vamos começar a conhecer e entender um fenómeno que é algo natural do ser humano e que ocorre connosco sempre que adormecemos.
Trata-se da projecção ou desdobramento astral, que também é conhecido como viagem astral ou ainda sonho lúcido.
A despeito da pessoa aceitar isto ou não, ter consciência disto ou não, o facto é que este fenómeno nos acompanha desde que nascemos.
A motivo de estudarmos este tema é o facto de que podemos desenvolver a capacidade de ter controle sobre a projecção astral, algo que, já tínhamos em tempos remotos, mas que se foi perdendo devido ao desenvolvimento do ego e ao consequente adormecimento da consciência.
E qual é a vantagem de se ter controle sobre a projecção astral?
Como sabemos, nós possuímos um corpo astral e esse corpo é o veículo utilizado para a manifestação de nossa parte psicológica no mundo astral.
Isso significa que se tivermos controle sobre a projecção astral poderemos actuar conscientemente no mundo astral, um mundo totalmente novo que é governado por leis diferentes das conhecidas em nosso mundo físico, onde o tempo não existe, e que guarda muitos segredos sobre nós mesmos, sobre as diversas leis e forças que regem o Universo e sobre toda a criação.
Podemos também dizer que tudo o que existe no físico existe também no astral, mas nem tudo que existe no astral existe no físico.
Para começar veremos como e porque ocorre o processo da projecção astral inconsciente, que é o que sucede com a quase totalidade das pessoas quando dormem.
Todo o ser humano necessariamente precisa dormir para que o organismo descanse e seja revitalizado para recuperar as energias gastas nas actividades normais do dia a dia.
Por este motivo é impossível uma pessoa permanecer muito tempo sem dormir. O corpo físico precisa ser revitalizado para que continue a funcionar.
Um exemplo muito comum disso é o caso de pessoas que, pela necessidade inadiável de revitalização do corpo físico, adormecem ao volante do automóvel sofrendo e causando graves acidentes.
O corpo vital é o responsável pela revitalização do corpo físico. Mas para que o corpo vital desempenhe a sua função é necessário haver a separação ou desdobramento do corpo astral. Assim, ao adormecermos, literalmente saímos do corpo físico “vestidos” com o corpo astral.
O problema é que por estarmos com a consciência adormecida, não damos conta deste processo, e por isso para nós tudo se passa como nada se passasse.
Quando retornamos ao corpo físico e acordamos, depois de ter decorrido o tempo suficiente para o organismo ser revitalizado, normalmente recordamos apenas alguns fragmentos dos sonhos.
Evidentemente que a clareza e a intensidade com que as recordações são trazidas do mundo astral podem variar muito de pessoa para pessoa. Algumas conseguem-se recordar de muitos detalhes e outras podem simplesmente acordar sem se lembrar de absolutamente nada.
Mesmo quando apenas sonhamos, podemos conhecer algo sobre nós mesmos através da simbologia dos sonhos.
O austríaco Sigmund Freud, o pai da psicanálise, publicou em 1899 a sua obra intitulada Interpretação dos Sonhos, onde expõe claramente sobre a importância dos sonhos para o conhecimento do mundo psicológico do ser humano, e mostra-nos que os sábios da arte de interpretar os sonhos antecedem o surgimento da psicanálise.
Além da simbologia dos sonhos, quando estamos em astral podemos, ainda que inconscientes, visitar lugares e mesmo conversar com outras pessoas, pois não esqueça que, tudo o que existe no mundo físico existe também no mundo astral.
Por isso é importante procurar recordar o máximo dos nossos sonhos, dos lugares e dos factos que ocorreram durante estas experiências astrais.

PRÁTICA

Nesta primeira lição sobre projecção astral, veremos um meio prático e efectivo para recordar com mais intensidade as nossas experiências astrais.
A técnica é simples e quanto mais a praticarmos melhores serão os resultados.
Esta técnica consiste em, imediatamente após darmos conta de que acordamos, mantermos o nosso corpo totalmente imóvel na cama, sem mexer um dedo sequer, e então fechamos os olhos e esforçamo-nos para lembrar as últimas imagens do que estávamos a sonhar, depois vamos tentando recordar as imagens que antecederam às que já nos havíamos lembrado e assim sucessivamente, como lembrar um filme do fim para o início.
É importante permanecer imóvel porque se no momento de acordar nos agitamos, agitamos também o corpo astral e as recordações astrais podem ser perdidas.
Praticando este simples exercício de recordação as lembranças irão tornando-se cada vez mais claras e intensas.
Nesta lição vimos o que é o fenómeno da projecção astral e também que nos podemos auto-conhecer através de nossas experiências inconscientes, ou seja, dos sonhos.
Na próxima lição sobre projecção astral iremos aprofundar um pouco mais este assunto e aprenderemos também, como conseguir experiências astrais conscientes, ter consciência de que estamos no mundo astral e ter controle sobre nosso sonho, o que sem dúvida aumenta enormemente as nossas possibilidades.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial